564
2.º Ciclo | 5.º ano de escolaridade

Reflorestação da Serra de Santo António

1 manhã
Nesta atividade, os alunos deslocam-se à Serra de Santo António, uma zona fustigada por incêndios, para resolver problemas matemáticos em contexto, particularmente sobre áreas, mínimo múltiplo comum e o máximo divisor comum de uma parcela de terreno identificada para reflorestação.
Autor
Fátima Pinto
Fátima Pinto
Instituição
Agrupamento de Escolas de Mangualde
Agrupamento de Escolas de Mangualde

Descrição da atividade

Nesta atividade, os alunos deslocam-se à Serra de Santo António, uma zona fustigada por incêndios, para resolver problemas matemáticos em contexto, particularmente sobre áreas, mínimo múltiplo comum e o máximo divisor comum de uma parcela de terreno identificada para reflorestação. Após os cálculos, os alunos plantam arbustos no terreno, caracterizando a biodiversidade local e discutindo o papel da sociedade na conservação da natureza.

1. A humanidade é uma das responsáveis pela diminuição da biodiversidade vegetal no planeta. Partindo deste pressuposto responde às questões seguintes.

1.1 Identifica três exemplos de ações humanas que provoquem impactos negativos na biodiversidade vegetal.

1.2 Discute com os teus colegas as ações apontadas e justifica as mesmas, tendo em conta possíveis impactos locais.

2. Apresenta três razões que justifiquem que a reflorestação é uma das medidas que contribui para a promoção de biodiversidade vegetal.

3. Das ações seguintes, seleciona as que consideras que podem promover o aumento da biodiversidade vegetal.

  • Criação de jardins botânicos
  • Controlo do uso de pesticidas e fertilizantes
  • Proteção de espécies em vias de extinção
  • Eliminação ou controlo de plantas invasoras
  • Promoção do uso de papel reciclado
fge

4. Sabias que o medronheiro é uma espécie de origem mediterrânica que está distribuída por todo o País, à exceção de habitats muito frios ou secos? Para além de apresentar resistência ativa a incêndios florestais, produz frutos comestíveis, bastante apreciados, usados na produção de licores e aguardentes.

4.1 O medronheiro será uma boa espécie para reflorestar a zona onde te encontras? Justifica a tua resposta remetendo a mesma para a importância do medronheiro não apenas para o local, mas também para a sociedade.

5. O medronheiro é uma espécie autóctone porque… (seleciona a opção correta)

… é nativa de Portugal

… porque é nativa de outro país

… é uma planta de folha caduca

6. Como já tiveste oportunidade de observar, o local onde te encontras foi fustigado por um incêndio. Como sabes, estes são responsáveis pela destruição da flora no nosso país. Para ajudar a mitigar este problema, hoje vais efetuar uma plantação de medronheiro, iniciando o processo de reflorestação desta área ardida. Antes de começares a plantar, tens de efetuar alguns cálculos e medições tendo em conta os seguintes dados:

Perímetro total da área de terreno a reflorestar: 100 metros;

Comprimento de um dos quatro lados: 30 metros

fdrefg

  • Calcula a medida da largura da área a reflorestar. Com o odómetro, a partir de um dos vértices da área ardida, percorre o perímetro, colocando uma estaca em cada vértice.
  • Calcula a área do terreno delimitado para a plantação de medronheiros.
  • Calcula o n.º de medronheiros que se podem plantar na fração de terreno, sabendo que o compasso aconselhado é de 4 metros.

7. Etapas para plantar o medronheiro... (assinala com um X sempre que cumprires uma determinada etapa)

  • Marcar com estacas e com o cordel uma linha de plantação, respeitando o compasso de 4 m;
  • Abrir um buraco com ferramenta adequada com cerca de 30 cm de profundidade e largura;
  • Colocar no interior do buraco um medronheiro;
  • Cobrir com terra (solo) metade do buraco;
  • Colocar água até encharcar a terra e esperar tempo suficiente para a água se infiltrar;
  • Colocar novamente terra até tapar todo o buraco;
  • Regar novamente o medronheiro;
  • Colocar por cima da terra (solo) remexida matéria orgânica em decomposição;
  • Colocar uma placa identificativa da atividade realizada.

NOTA: Guião criado em formato digital para facilmente conseguirem responder no espaço exterior

Computador com a aplicação Google Earth Pro instalada

1 tablet por grupo

Guião de atividade em Google Forms

Caderno diário de apoio

Placa identificativa do trabalho dos alunos

Odómetro

Cordel vermelho ou amarelo

Estacas de 30 cm

Utensílio agrícola para plantação

Água para rega

  1. Visitar o terreno da Serra de Santo António para verificar as condições para a plantação de medronheiros;
  2. Garantir 5 arbustos por grupo para plantar na Serra de Santo António;
  3. Garantir um arbusto para oferecer a cada aluno para levar para casa;
  4. Garantir transporte dos alunos da escola até à Serra de Santo António.
Perfil dos alunos
Raciocínio e Resolução de Problemas
Os alunos colocam e analisam questões a investigar, distinguindo o que se sabe do que se pretende descobrir. Definem e executam estratégias adequadas para investigar e responder às questões iniciais. Analisam criticamente as conclusões a que chegam, reformulando, se necessário, as estratégias adotadas.
Pensamento Crítico e Pensamento Criativo
Os alunos concetualizam cenários de aplicação das suas ideias e testam e decidem sobre a sua exequibilidade.
Relacionamento interpessoal
Os alunos juntam esforços para atingir objetivos, valorizando a diversidade de perspetivas sobre as questões em causa, tanto lado a lado como através de meios digitais.
Aprendizagens essenciais
Ciências Naturais
Caracterizar alguma da biodiversidade existente a nível local, regional e nacional, apresentando exemplos de relações entre a flora e a fauna nos diferentes habitats; Formular opiniões críticas sobre ações humanas que condicionam a biodiversidade e sobre a importância da sua preservação.
Matemática
Calcular perímetros e áreas de polígonos, por enquadramento ou por decomposição e composição de figuras planas. Reconhecer múltiplos e divisores de números naturais, dar exemplos e utilizar as noções de mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum na resolução de problemas em contextos matemáticos e não matemáticos.

Guiões de atividade

Atividades Prévias

Abordam-se os incêndios ocorridos na região de Mangualde no passado recente questionando os alunos sobre o tema e alguma história que gostassem de partilhar.

Questiona-se os alunos acerca do impacto dos incêndios para os animais, as plantas e os fungos, explorando as consequências para a biodiversidade.

Pergunta-se aos alunos se conhecem a Serra de Santo António e, a partir do computador da sala de aula, explora-se a zona com o Google Earth, verificando se existem áreas ardidas.

Distribui-se um computador por cada dois alunos e exploram-se algumas funcionalidades do Google Earth como:

  • Pesquisa de diferentes locais no planeta;
  • Zoom;
  • Medição de distâncias;
  • Cálculo de áreas e perímetros de polígonos.

Depois de explorarem estas funcionalidades do Google Earth, pede-se aos alunos que localizem a Serra de Santo António e observem zonas ardidas. Em seguida, apresenta-se a seguinte imagem e pede-se que observem as zonas assinaladas a vermelho. Nos respetivos computadores, solicita-se que marquem e calculem o perímetro e a área de uma zona ardida. Informa-se os alunos que na próxima sessão a atividade realiza-se na Serra de Santo António.

vc
Zona ardida assinalada no Google Earth (Serra de Santo António - Mangualde)

Introdução da atividade

No dia da saída de campo para a Serra de Santo António, divide-se a turma em grupos de 3 a 4 alunos e distribuem-se tablets por cada um com o respetivo guião do aluno.

Desenvolvimento da atividade

Já no local, pede-se aos alunos para responderem ao guião do aluno até à questão n.º 4. Questiona-se e monitoriza-se o trabalho de todos os grupos, formulando questões como:

  • Concordam com a afirmação apontada no ponto 1?
  • Que ações humanas têm um impacto negativo sobre a biodiversidade aqui na serra de Santo António?
  • Há ações humanas que podem ser consideradas positivas? Porquê?
  • A reflorestação contribui para o aumento da biodiversidade (plantas, animais, fungos)? Justifica a tua resposta referindo o meio envolvente onde te encontras.
  • Será que o medronheiro pode ser considerado uma espécie exótica na nossa região? Porquê?

Na questão 5 do guião do aluno os alunos devem usar o caderno diário, tornando explícito o raciocínio matemático usado na resolução do problema.

efge
Resolução do problema de matemática sobre plantação de árvores

Os alunos devem fazer um esboço da área a reflorestar, registando o seu perímetro e área. Pede-se depois que troquem a resolução com outro grupo e a corrijam, dando feedback aos colegas.

Depois de validar todas as respostas dos grupos, inicia-se a plantação de medronheiros, quatro por grupo, na área identificada previamente. Para tal, com ajuda do docente, medem com ajuda do odómetro, o compasso (a distância entre pés), fazendo marcações no terreno com um utensílio agrícola. Devem observar com atenção o ponto 6 do guião e cumprir todos os passos indicados, fazendo um registo fotográfico com o tablet.

Conclusão da atividade

Na sala de aula, corrige-se em grande grupo o Guião do Aluno, partilhando algumas das fotos tiradas pelos grupos.

 

Aprendizagens Essenciais
Evidência / Ação do Aluno
  • Caracterizar alguma da biodiversidade existente a nível local, regional e nacional, apresentando exemplos de relações entre a flora e a fauna nos diferentes habitats; Formular opiniões críticas sobre ações humanas que condicionam a biodiversidade e sobre a importância da sua preservação.
  • Respostas ao questionamento oral formulado durante a resolução das questões 1, 2, 3, 4 e 5; Respostas dos alunos às questões mencionadas anteriormente.
  • Calcular perímetros e áreas de polígonos, por enquadramento ou por decomposição e composição de figuras planas; Reconhecer múltiplos e divisores de números naturais, dar exemplos e utilizar as noções de mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum na resolução de problemas em contextos matemáticos e não matemáticos.
  • Resolução da questão 6 do Guião do Aluno.

ICNF. (2022). BDG/areas_ardidas (Map server). Acedido em https://sigservices.icnf.pt/server/rest/services/BDG/areas_ardidas/MapServer em 30 de junho de 2022

Agora que já te encontras na serra de Santo António, vais desfrutar do meio envolvente e observar atentamente possíveis interações entre os seres vivos e o seu meio. Vais perceber que o local onde te encontras foi, no passado recente, fustigado por um incêndio, causando perdas para a biodiversidade local. Depois de despenderes algum tempo a observar o local onde te encontras, com o teu grupo, encontra um espaço agradável (sombra, banco, espaço verde) para responder às seguintes questões.